Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Velhas bolachas

Publicado: Terça, 26 de Fevereiro de 2019, 17h23 | Última atualização em Quarta, 27 de Fevereiro de 2019, 12h22 | Acessos: 611

 

Emilie Berliner lançou seu gramofone em 1888, em um mercado então incipiente e já dominado pela invenção de Thomas Edison, similar ao gramofone mas que utilizava cilindros de cera no lugar dos discos de Berliner.

Inicialmente os discos tocados no gramofone eram feitos de borracha ou celuloide, logo substituídos por um composto com base de goma laca, que predominou até a introdução do vinil na década de 1930.

O Arquivo Nacional possui em seu acervo mais de dez mil discos. Cerca de 80% destes são feitos com base de goma laca, e o restante é feito de acetato, nitrato ou vinil. A equipe de Processamento Técnico de Documentos Audiovisuais, Sonoros e Musicais é responsável pela conservação deste material.

Este acervo é constituído por discos enviados por gravadoras nacionais nos anos 1970 (coleção Discoteca Arquivo Nacional); discos da rádio Mayrink Veiga (4.952 discos de música e jingles comerciais); 2.799 discos doados pelo pesquisador Humberto Franceschi; 687 discos da Rádio MEC; 508 discos da Agência Nacional; 238 discos do Serviço Social da Indústria – SESI; 68 discos da Casa Edison, primeira gravadora brasileira e o acervo de discos mais raro da instituição; e outros acervos menores.

O acervo de discos do Arquivo Nacional foi higienizado e acondicionado a partir de projeto patrocinado pelo BNDES, e atualmente ele se encontra em depósito climatizado. As capas dos referidos discos foram higienizadas e acondicionadas no mesmo depósito, mas ainda não foram tratadas arquivisticamente.

O processo de reformatação dos discos teve início em 2015, com o acervo da Casa Edison, e foi realizado com a participação do especialista em preservação sonora Marco Dreer.

Todo o material foi tratado, digitalizado e está disponível no Sistema de Informações do Arquivo Nacional - SIAN. Infelizmente, a ausência de equipamento adequado para digitalização de discos de goma-laca (são necessários agulha e cápsula específicos para esse suporte) vem inviabilizando a reformatação deste material.

Aqui, a imagem de um rótulo de disco da coleção Humberto Moraes Franceschi, cujo acervo possui 80 discos de 12 polegadas e 2.450 de 10 polegadas, produzidos entre 1906 e 1954. Subsérie Carnaval, com apenas um item: este disco de 10 polegadas com gravação de samba e marchinha na voz de Orlando Silva com Guido de Morais e seus "Parentes".

O SIAN informa que "o acesso aos documentos [do fundo Humberto Moraes Franceschi] dar-se-à somente através de um representante digital. Para isso será necessário solicitar o serviço de digitalização no setor de atendimento aos usuários."

BR RJANRIO W3.0.DSO, CNV.1. Goma laca 78 RPMs.

Com a colaboração dos servidores Aline Torres e Carlos Eduardo Marconi

Comments powered by CComment

registrado em:
Fim do conteúdo da página